Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Saga, Volume 1

27.03.17

Saga, Volume 1

Caso para dizer que é uma leitura diferente. Apesar de o fantástico ser um dos meus estilos literários, sei bem que nem todo o tipo de fantástico me agrada. Ainda mais acrescentado o fator banda desenhada (não lia uma banda desenhada desde os tempos do tio patinhas, há muitos anos). Mas foi uma surpresa muito agradável.

 

Saga conta a história de Marko e Alana, dois soldados de exércitos inimigos que se apaixonam e têm um filha. Acabam por ser alvo de uma perseguição em massa de ambos os lados, enquanto fogem pelo universo fora em busca de um lugar seguro. Acaba por não ser uma história apenas centrada só neles, mas acompanhando muitas outras personagens, como o príncipe Robot IV, um caçador de fortunas chamado Vontade e a sua gigante gata e mais uns quantos que na sua maioria têm algum interesse em destruir o casal.

 

Sendo um mundo fantástico há personagens para todos os gostos, mas o que me cativou mesmo foi o sentido de humor, afinal é uma história de guerra, mas os autores souberam colocar coisas tão comuns e ao mesmo tempo audaciosas, aliada a desenhos com expressão. Claro que há algumas personagens estranhas e sem duvida que o momento mais estranho foi ver duas televisões a tentar fazer sexo... A história é bastante gráfica e aborda temas como a escravatura infantil e os horrores da guerra, portanto acaba por ter de jogar com um equilibrio entre humor e terror.

 

Apesar de não me ter apaixonado loucamente pela obra, cativou-me e ficou-me na cabeça o suficiente para comprar os restantes livros que existem em português, que não são caros e estão em promoção na fnac.

Imagem relacionadaResultado de imagem para saga volume 1

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51

Só Se Ama Uma Vez

Regina Malory achava que o seu maior problema era encontrar alguém com quem casar, estava farta de festas e festinhas e só queria voltar a ter uma vida pacata. Até ao dia em que é raptada por engano e acaba envolvia num escândalo. Nicholas, uma pessoa que a fascina, é o seu raptor e apesar da química, do escândalo e da família dela, ele continua a não querer casar com ela.

 

Os Malory lembraram-me os Bridgerton da Julia Quinn. Não são tão bons e confesso que ao inicio as apresentações são feitas de forma atabalhoada e demorei quase o livro todo a perceber quem era tio, primo ou filho bastardo. Mas depois da fase inicial, o livro tem um ritmo próprio, com um noivo que não quer casar (mais realista, suponho), algumas cenas de porrada, outras quantas cómicas, piratas e algumas surpresas (na maioria óbvias, mas não aquele óbvio aborrecido, mais um óbvio que fazia todo o sentido e ainda bem que foi assim). A Regina tem várias fases, sempre destemida mas bastante ingénua ao principio e foi agradável vê-la evoluir ao longo da história. A reticencia do Nicholas por vezes irritava-me, mas foi essa reticência que deu alma ao livro, bem como o ponto de viragem, em que ele a quer conquistar, mas ela já não o quer e tudo corre sempre mal quando se tentam entender.

 

É uma leitura suave, com bom ritmo e nada aborrecida. Tem sentido de humor, romance e algum mistério, uma combinação que quando bem executada, funciona sempre bem. Recomendo para quem aprecia o género.

 

Fiquei curiosa sobre o próximo livro da série que é sobre um tio Tony, ele lembra-me imenso o Colin da série Bridgerton.

 

Le séducteur impénitent (Les frères Malory, #1) Love Only Once (Malory-Anderson Family #1)

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:21

 O Juramento da Rainha

Num estilo que é bastante familiar aos fãs de Philipa Gregory, este livro conta a história da rainha Isabel I de Espanha, desde a sua infância, em que nada previa que ela seria rainha tendo dois irmãos vivos, até ao momento em que se torna rainha de um reino de Castela fragmentado e dá os passos para formar a Espanha que conhecemos atualmente. 

 

A história é contada na perspetiva de Isabel e começa desde a noite em que o seu pai rei morre. Isabel cresce renegada da corte, sobre a sombra do reinado do seu irmão Henrique, mas com o nascimento da filha deste é obrigada, juntamente com o irmão, a ver-se envolvida por teorias e conspirações. Um conjunto de circunstâncias irão coloca-la em várias posições difíceis até ao momento em que se torna rainha (sendo para mim esta a parte mais interessante do livro, tem um ritmo mais rápido e intrigas novas ao virar de cada página). A partir dai, o livro entra num ritmo mais lento, mas não deixa de ser interessante, com algumas polémicas reais em que Portugal é, no ponto de vista, o mau da fita. No final é uma obra completa, com uma heroína que é real, nem só boa, nem só má e uma rainha que tomou boas e más decisões. Fiquei curiosa de ler outros livros do autor, nomeadamente o que conta a história da Rainha Joana, a Louca, filha de Isabel - e que neste livro já mostra ser uma criança bastante rebelde - mas que ainda não existe publicado em português.

 

The Queen's Vow El juramento de Isabel

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:09



Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


subscrever feeds


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.