Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Elizabeth, Caitlin e Amber são as filhas da fortuna. As três filhas de William Melville não poderiam ser mais diferentes. Elizabeth é a lutadora, a que leva tudo a frente para atingir os seus objectivos. Bastante determinada nada a deixa mais feliz que a aprovação do pai. Mas ele raramente repara nela. Caitlin é a filha bastarda que William trás para casa quando a mãe dela morre. Não gosta da família e sente que o seu lugar não é ali. Amber é a mais nova e a mais mimada. Habituada a ter tudo o que quer com recurso a birras e chantagem emocional.

 

Quando comecei a ler este livro lembrei-me muito da trilogia o Sonho da Nora Roberts pelo facto de se tratar de uma família com fortuna e de como três raparigas cresceram como irmãs. Embora as histórias não pudessem ser mais diferentes, creio que as Filhas da Fortuna é muito mais realista. Elizabeth é, claramente, uma grande cabra. Não é que não simpatizasse com ela ás vezes, mas a maneira como ela tinha ciúmes de Caitlin (devido a atenção que o pai lhe dava) e fez de tudo para que se sentisse mal quando ela se juntou a família fez com que lhe metesse esse rótulo. Mas ela também tem coisas boas, e no fundo ela gosta das irmãs e tenta protege-las à sua maneira. A reviravolta que ela sofre e o tombo que tem de dar para "acordar para a vida" também ajuda a melhorar esta personagem, apesar de ser verdade que era injusto quando ela deu tudo pela empresa e o pai não reconhecer o trabalho. Caitlin é a sonhadora que fica com os sonhos despedaçados. Mas isso não a faz desistir de alcançar os seus objectivos e sobretudo sem qualquer ajuda do dinheiro ou da influencia do pai. Foi sem dúvida a personagem que mais gostei. A Amber é bastante irritante. Habituada a ter tudo o que quer ela é claramente o protótipo da realidade dos miúdos ricos mimados de hoje. Sempre a fazer asneira e sempre com o pai a tapar tudo por trás. A queda dela é assombrosa. A recuperação, para mim, rápida e falsa de mais. Mas também foi a personagem a quem a autora deu menos relevância.

 

No todo é um livro interessante, com uma história que prende e que me cativou. O final foi o previsível e talvez até certo ponto demasiado brusco (está tudo mal e de repente está tudo bem). Mas isso não estragou a dinâmica do livro.

  Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:04




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.