Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




De amor e sangue

28.03.16

 

Eu comecei este com receio por causa da sinopse. É algo do género: Hope é filha bastarda de Lady Harvey e do seu amante e foi criada numa família pobre próxima da mansão dos pais, sem nunca pertencer lá de facto. Acaba por trabalhar como criada na casa da mãe e ficar deslumbrada por aquele mundo, até ao dia que vê algo que não devia e é obrigada a fugir para bem longe. Sem dinheiro nem amigos, Hope acaba por ir parar num bairro degradado de Bristol onde vai conhecer a miséria e a fome. Mas o seu bom coração é visto pelo Dr. Bennet que acaba por a levar para a Crimeia como enfermeira de guerra. Basicamente com isto ficamos a saber metade do livro, ou mais, o que para mim foi muito frustrante porque acho que teria gostado muito mais do livro se a sinopse se limitasse a Hope filha bastarda da Lady e acabou por trabalhar na casa dela. Chegava bem. Mas o meu receio foi na parte de "bairros de miséria" e "guerra de Crimeia". Ou seja já estava a prever um livro com muita miséria e relatos tocantes e não estava com muita cabeça neste momento para algo assim.

 

Hope é uma heroína criada por Lesley Pearse, portanto já se sabe que é uma moça lutadora, com uma grande coragem e claro que vai enfrentar muita miséria, sobreviver a isso tudo e chegar a algum lado. O Dr. Bennet é uma personagem fofinha que honestamente enquanto a guerra durou estive a espera que ele morresse (embora a autora não se privou de pregar umas partidas previsíveis). A Nell foi para mim uma das personagens que teve uma maior evolução ao longo da história, que passou desde criada servil, a mulher maltratada e terminou como uma mulher independente e que enfrentou os seu fantasmas (até me atrevo a dizer que gostei mais dela do que da Hope). Lady Harvey foi uma pessoinha irritante que teve mais ou menos o fim que merecia com uma redenção lá pelo meio, e falando nela, este livro têm uma vertente muito à Downtown Abbey ao mostrar aquela faceta de os criados meio que idolatram e vivem a vida dos seus Ladys e Lords de forma muito intensa, enquanto que estes Ladys e Lords pouco se interessam se eles estão bem ou mal. Há alguns mistérios e são estes que provocam a fuga de Hope, mas nada de muito surpreendente e algumas acções dos maus da fita foram para mim bastante previsíveis. Por fim, a guerra da Crimeia, por mim desconhecida, que me pareceu bastante estúpida nos seus motivos (também não houve grande explicação deles) mas que foi interessante de conhecer, nomeadamente as condições desumanas dos soldados e os falsos heróis de guerra que eram aclamados em Inglaterra, mas que na verdade nada de produtivo fizeram (o que poderia quase lançar um debate da influência da comunicação social na opinião das massas).

 

Um livro interessante, onde se aprende umas coisas, com uma heroína que gostei qb, personagens secundárias que não estão ali só por estar mas também são bem desenvolvidas. Não é de cinco estrelas porque lhe faltou aquele click, mas uma leitura que recomendo.

 

 Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:24


2 comentários

Imagem de perfil

De D a 28.03.2016 às 20:31

Alô ,

faltou o clique em que sentido?
Fiquei curiosa por saber :D

- DF
Imagem de perfil

De Anna a 29.03.2016 às 21:13

Oi oi :)

Bem deixa cá ver se consigo explicar, eu já li bastantes livros desta autora, então já lhe conheço algumas manhas e ela já não me consegue surpreender tanto porque há algumas situações que são parecidas com outros livros: a personalidade da protagonista, a parte de ela ser enfermeira numa guerra, a parte em que ela vive no bairro pobre são coisas muito semelhantes ao que já li noutros livros dela.

Comentar post




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.