Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Duas Irmãs, Um Duque (Fairy Tales, #3)

O titulo deste livro é quase desagradável, porque acaba por não ser bem verdade. Há mesmo duas irmãs, mas há pelo menos dois duques e na realidade há um duque em que nenhuma delas está interessada e outro que realmente só alvo do interesse de uma. E porque parece o nome de um filme pornográfico que inclui um menage a trois. Mas isso é porque possivelmente tenho uma imaginação muito ativa.

 

Georgiana e Olivia são irmãs gémeas e foram criadas para serem futuras esposas de duques, mesmo que isto tenha deixado a sua família com poucas posses. Isto porque Olivia é, desde que nasceu, noiva de Rupert, um duque, que é mais novo que ela e tem uma maneira peculiar de ver o mundo. Mas Olivia não tem, apesar da educação, perfil de duquesa: é demasiado desastrada, fala de mais e tem demasiado sentido de humor. Georgiana, pelo contrário tem o perfil de uma duquesa, mas não tem dote. Mas um dia uma proposta inesperada surge e Georgiana tem hipótese de se tornar noiva de um duque, Tarquin, um duque bem carrancudo, que vê em Georgiana a noiva perfeita, mas a quem Olivia deixa completamente doido.

 

A história é deliciosa até cerca de dois terços da obra. Olivia tem um sentido de humor delicioso e adoro as conversas entra ela e todas as outras personagens. Georgiana acaba também por ser uma personagem querida e que se revela bem mais do que parece. Tarquin é um dos vários cavalheiros tipo deste género de romance: o carrancudo com um passado difícil que acaba por amolecer com a heroína trapalhona. E claro não podia não mencionar a mãe de Tarquin que escreveu um manual de comportamento de uma duquesa em que a educação das gémeas foi baseada e que tem um feitio muito especial.

 

SPOILER

Quanto Tarquin e Olivia se entendem, a dois terços do livro, a história perde o interesse. Não gostei da parte da narrativa que se passa em França e muito menos o fim do Rupert (claramente feito para dar a saída mais limpa à reputação dos protagonistas, afinal ele ainda era o noivo de Olivia quando ela já estava com Tarquin). Isto porque Rupert com o seu feitio especial e maneira de ver um mundo acabou por se tornar uma personagem querida e merecia outro fim.

The Duke Is Mine (Fairy Tales, #3) Der Duke in meinem Bett

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:49




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.