Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Antes de mais gostava de dizer que este livro tem como público alvo adolescentes/jovens adultos. Porque se de outra maneira fosse, o meu comentário seria um bom livro mas que poderia ter sido muito mais explorado. Mas tendo em conta o público alvo, O Pacto cumpre perfeitamente o seu papel.

 

No livro conhecemos uma sociedade do futuro onde a imortalidade foi alcançada através de um medicamento chamado a Longevidade que regenera as células e faz com que tanto a morte como as doenças tenham sido erradicados. Ah, aquele sonho de tantas almas finalmente realizado. Mas como tudo na vida, esta cura veio com um preço: o planeta está sobrelotado e entra em jogo a lei da vida por vida: só pode ter filhos quem abdicar da sua longevidade. Então é nos apresentado pelos olhos de Anna, uma jovem de 15 anos, uma sociedade deformada, em que temos dois patamares: aqueles que vivem para sempre e que em média têm no mínimo 60 anos e aqueles que nasceram ilegais, que é o caso de Anna. Em alguns países, estes excedentes são mortos, mas no Reino Unido são caçados e levados para estabelecimentos onde lhes é feita uma lavagem cerebral e onde são tornado aptos para serem os criados mais capazes e mais servis. Anna é a mais capaz e a mais leal destes excedentes, e sente-se preparada para o seu futuro, achando que tem todas as respostas como garantidas. Até que um dia chega um novo excedente, Peter, que vai por em causa tudo o que ela acredita.

 

É engraçado ver que esta cada vez mais na moda livros e séries sobre o futuro da humanidade. Desde pós apocalipses, guerras nucleares e neste caso a imortalidade. É também engraçado que em quase todas estas versões, uma das primeiras conclusões que se tira é que o ser humano não aprendeu nada com os erros do passado e vai continuar a repeti-los, quer seja por ganância como por egoísmo. O Pacto levanta-nos apenas uma ponta do véu, dai o meu comentário no inicio deste post, e no final fica a sensação que ficou tanto por saber sobre esta sociedade. O final poderia ter sido diferente (afinal, depois de tanta perseguição deixam-nos ir assim e pronto?), mas não deixa de ser uma história bem escrita, cativante e sobretudo de leitura fácil.

 

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:25




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.