Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Private

21.03.16

 

Eu conhecia James Patterson de ele aparecer na série Castle a jogar poker com o protagonista, onde também estavam presentes outros autores conhecidos (para quem não conhece a série - shame on you! - Castle é um escritor famoso de policiais que passa a ajudar a policia quando alguns dos seus crimes da ficção começam a acontecer na vida real. E também já tinha lido um livro dele, que não me correu nada bem, então nunca tinha tentado ler mais nenhuma obra do autor, apesar de ser já consagrado.

 

Private é uma agência de investigação elitista com tecnologia de ponta a quem os endinheirados de Hollywood recorrem para esconder/revelar segredos. Jack Morgan é um ex marinheiro que "herdou" a Private do pai. Neste livro ele têm de lidar com um serial killer de jovens adolescentes, um escândalo na NFL (liga de futebol americano) e o homicídio da mulher do melhor amigo que também é uma ex amante dele (é difícil encontrar mulheres no livro que não tenham sido actuais ou ex amantes dele).

 

Uma coisa boa do livro é que ritmo é rápido. Eu nunca tive muita paciência para demasiadas descrições ou obras muito lentas e este é sem dúvida um recorde em rapidez, pois muitos dos capítulos têm apenas uma página e num livro de menos de 400 páginas acabamos por ter cerca de 140 capítulos. Ao longo do livro para além do desenvolver dos três casos principais acompanhamos também a rotura do dono da agência, ao tentar descobrir o que se passou no Afeganistão ao mesmo tempo que lida com as memórias do passado do pai e do presente do irmão que é tão sacana como o pai (imaginem o que é ter um irmão gémeo do mal, é mais ou menos isso).

 

Quanto aos casos, o homicídio da companheira do melhor amigo têm um solução bastante óbvia (que foi topada a milhas) e o das raparigas nós conhecemos o assassino antes da Private, pois a história também tem partes na perspectiva dele (e para mim dos três é o mais interessante, gostei imenso do pormenor que contribuiu para a prova definitiva de quem era o assassino, achei bastante original). O caso da NFL também não é nada de muito extraordinário, mas como o ritmo era tão rápido também não chateou.

 

Uma coisa confusa são os narradores: tanto temos o Jack na primeira pessoa, como temos na terceira pessoa quando se acompanham outras personagens (e a história tem imensas personagens, deste os funcionários da Private a pessoas que entram em contacto com a agência, à policia local, mafiosos, ...).

 

Para quem gosta de um livro com mistérios bem trabalhados em que todos os pormenores contam, este não é o vosso livro. Este é um livro mais "light" que os do seu género, sem grandes jogos metais, com personagens interessantes, mas pouco desenvolvidas para além do protagonista.

 

(Uma coisa interessante que li noutras reviews é que quem está mais familiarizado com o estilo do autor afirma que este foi escrito na maioria por Maxine Paetro, a co-autora porque a escrita não parece dele. Como não conheço o estilo dele, aqui me resigno aos especialistas).

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:35




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.