Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Feitiço da Lua Azul

Um conto diferente, baseado no folclore existente antes do cristianismo, focando no choque entre o selvagem e o domado. A capa é belíssima e a história tem uma escrita poética enquanto descreve a perda da inocência e a vingança de uma rapariga que faz parte da floresta contra o rapaz que lhe partiu o coração. É claro que a vingança exercida por ela, no mundo real é excessiva, mas neste mundo mitológico e de fantasia faz todo o sentido, sendo quase como uma lenda a ser contada à volta de uma fogueira. E como tudo na vida ela também vai pagar o preço.

 

Para mim neste livro Joanne Harris distingue-se no estilo em que gosto mais de a ler, na mitologia, em vez de no estilo mais novelesco que a tornou famosa.

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:46

Resultado de imagem para a promessa de kushiel

Culminando com os eventos dramáticos do livro anterior, este começa com Phèdre numa posição mortal, acabando salva por um pirata, que ela não sabe se é amigo ou inimigo. Esta reviravolta do destino vai leva-la a conhecer novos países e aliados improváveis. Mas o tempo não para e a ameaça sobre a rainha é cada vez mais iminente.

 

Neste livro quase todas as personagens são novas em cerca de dois terços do livro. Conhecemos novas culturas, novos dramas e novas maldições. Houve ali uma parte de todas aquelas reviravoltas que me desligou um pouco da historia, parecia que ela passava a vida a andar de barco e a conhecer novas personagens que não ficavam tempo suficiente para haver qualquer ligação. Mas por fim, tudo o que começou no livro anterior tem o seu fim e o final acaba por ser todo o drama sobre uma tentativa de golpe de estado. 

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21

Estranhos ao Luar (Edilean, #7)

Eu não estava com grandes expetativas depois de ter lido a contracapa do livro, pois já ai dava para perceber que iria ser um romance morno. Kim e Travis vivem em realidades diferentes e durante a sua infância foram amigos durante duas semanas. Para Travis essas duas semanas mudaram a sua vida, mostrando-lhe uma outra realidade para além da sua educação reclusa. Para Kim foi impossível esquecer aquele menino que era tão inteligente mas não conhecia a mais básica das brincadeiras. Voltam a encontrar-se anos mais tarde quando Travis regressa para averiguar o novo namorado da mãe.

 

A história é como disse ao inicio, morna. Há alguns dilemas, alguns mistérios óbvios, o grande papão (o pai de Travis) que afinal não é mau. Tanto Kim como Travis são personagens OK, mas sem aquela chama que me fizesse realmente ficar "preocupada" com o seu bem estar. Na realidade, moços morenos, esculturais, que são advogados brilhantes e também foram duplos de Hollywood parece ser demasiado...forçado. Tipo aqueles livros da Bianca, Julia, ... com mini histórias. 

 

Um livro mediano que não trás nada de novo e é demasiado previsível para o meu gosto.

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:25

Resultado de imagem para a eleita de kushiel

Cá estou eu outra vez, a falar desta saga, que não é para mim a melhor saga de todos os tempos, mas uma história refrescante, diferente e que sobretudo me intrigou. E para quem já leu de tudo um pouco, não é fácil ficar intrigado por um livro novo (ou velho).

 

Depois de uns tempos mais calmos, Phèdre decide voltar à corte e tentar descobrir onde está Melisandre e qual será o seu próximo passo. Para isso volta ao serviço de cortesã e a enredar-se no mundo da política, que a levará a conhecer novos países e a esbarrar numa intriga para depor a rainha.

 

Apesar de ser mais político, como o primeiro livro, neste Phèdre é mais madura e menos deslumbrada e talvez por isso este é mais interessante. Algumas personagens queridas afastam-se dela e novas surgem, há mais uma intriga, embora foi muito óbvio para mim onde Melisandre estava para ai desde que aquele assunto foi mencionado, talvez a meio do livro. O final é dramático e deixa-me numa posição de querer ir já ler o seguinte.

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09



Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


subscrever feeds


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.