Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A hora mágica

10.02.17

A Hora Mágica

Temos aqui vários temas fortes: uma criança abandonada/raptada, uma pedopsiquiatra que apenas tinha a sua carreira e quando fica sem esta fica sem nada, a pressão da comunicação social, a luta dos pais que têm filhos desaparecidos. Embora o romance não seja tão cru como estava à espera pela sinopse não deixa de afetar quem o lê: é muito difícil fica indiferente a uma criança que se comporta como um animal e está fechada sobre si própria como consequência. E na verdade o grande catalisador é o que deixou a criança naquele estado e claro, quem é ela.

 

Julia e Ellie são duas irmãs muito distantes, mas que acabam por se unir quando Ellie encontra uma estranha criança na floresta. Julia é uma famosa pedopsiquiatra que caiu em desgraçada devido a uma tragédia que aconteceu devido a um dos seus pacientes e precisa de começar de novo. Esta criança tão estranha acaba por ser o catalisador para a cura da relação entre as irmãs e das suas próprias vidas.

 

A história tem um inicio muito focado na criança, Alice, e no que Ellie e Julia fazem para a ajudar. O processo é inicialmente muito doloroso para todas. Mas ao longo da história, a linha vai se tornando mais romanceada: entram dois interesses amorosos para cada uma das irmãs e a Alice começa a evoluir de forma mais rápida e positiva. Talvez esta parte mais romanceada torne o livro bem menos pesado, mas ao mesmo tempo isso fez-me sentir que era menos autêntico. Para além da Julia e da Alice que têm várias camadas, as outras personagens acabam por ser demasiado planas e clichés (como o médico bonitão que está refugiado na cidade pequena devido a um drama no seu passado que quer esquecer). O final foi um pouco arrumado à pressa, mas satisfatório no que toca à Alice, o resto era o previsível e o politicamente correto. As quatro estrelas acabam por ser uma nota que me deixou algumas dúvidas: apesar de não ter gostado algumas coisas do livro a verdade é que a história me prendeu e se leu bem, portanto achei que merecia mais de três.

 

Magic Hour Wohin das Herz uns trägt

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D


subscrever feeds


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.