Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quando as Estrelas Caem (Starbound, #1)

Este aqui apanhou-me completamente de surpresa. Eu não sou a maior fã de livros baseados em desastres (leia-se Titanic) porque tem demasiadas mortes e eventos traumáticos (e foi real), mas como este se passa num universo alternativo e futurista, foi mais fácil desligar do drama real e ligar ao drama ficção. Icarus é a nave espacial maior e mais rápida do universo (e o seu próprio nome é uma ironia) e nele viajam cinquenta mil pessoas. Lilac é a única filha de um dos homens mais poderoso do universo e dono da Icarus. Habituada ao luxo, vive numa redoma dourada. Tarver é um soldado, que foi promovido a herói nacional. Não se sente conformável no ambiente glamoroso da Icarus, mas parte das funções de ser herói nacional é estar no meio dos ricos e poderosos. Quando a Icarus tem um acidente, ambos escapam sozinhos na mesma nave e ficam presos num planeta desconhecido, onde não parece existir mais ninguém.

 

Apesar da capa e da própria sinopse  parecerem classificar este livro como "apenas mais um romance" ele é na verdade muito mais que isso. Há o choque de classes entre ambos em que Lilac tem de cair do pedestal e Tarver tem de aprender que a Lilac é mais que a dondoca que representa. Há toda a temática do que aconteceu à Icarus, que planeta é aquele e que estranhas vozes são as que a Lilac houve (e a parte da Lilac sozinha dentro da Icarus arrepiou-me bastante!). E no fim disto tudo é então um romance, muito lento, mas que apenas na fase final do livro ganha importância, o que é ótimo, porque deu espaço para ambos crescerem sem serem presos no amor um do outro. Gostei mesmo deste livro, é surpreendente, refrescante e prendeu-me até à última página (que tenho de dizer que me deixou muito insatisfeita, queria saber como eles voltam à sociedade, sobretudo a Lilac e também me perturbou a forma como simplementes a morte de cinquenta mil pessoas pode ser assim eliminada...).

 

Infelizmente este parece ser mais um caso de uma trilogia que a publicação foi abandonada em português (provavelmente porque a capa e a sinopse remetem para uma coisa e o livro é outra, aliás, já tinha visto este livro e não me tinha cativado o suficiente noutras alturas). Penso que se tivessem mantido a capa original (que é linda e extremamente cativante) tinham tido mais sucesso de vendas. Mas é apenas uma opinião, eu não percebo nada de marketing "livresco".

 

These Broken Stars (Starbound, #1)

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:33




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.