Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Verão Quente

05.10.18

Verão Quente

Eu nasci muito depois do 25 de Abril, mas desde cedo, o meu pai, um amante de história, me fala das experiências e vivências da ditadura e da revolução e foi com alguma curiosidade que comecei este livro, que se passa no tempo em que Portugal se dividiu ao meio devido a ideias políticos pós-revolução e junta a isto um homicídio.

 

Julieta foi presa e condenada pelo homicídio da irmã e do marido, em 1975, no Verão Quente, num dia fatídico de que pouco se lembra, pois caiu das escadas com a arma na mão e ficou cega. Em 2003, Julieta recupera a visão e as memórias desse fatídico dia e começa  a tentar perceber se os matou mesmo, se eles eram mesmo amantes, entre outras questões.

 

A história é contada na perspetiva de um homem, de quem nem o nome sabemos, que se embeiça pela filha de Julieta, Redonda. Se os factos históricos são mais ou menos interessantes, as personagens principais são ligeiramente irritantes. As mulheres da história são retratadas de uma forma que me perturbou: Madalena (a irmã assassinada) tem como únicos factos relevantes da personalidade ser uma "hippie boazona" que dormiu com tudo o que mexia; Redonda brinca de sedutora com o narrador ao mesmo tempo que usa o marido como interesse financeiro (e isto é no fim apresentado como justificação do seu comportamento leviano); Julieta que apesar de ser a mais interessante, gosta de se comparar com a filha (fisicamente, por exemplo, quem tem o peito maior e melhor) e "atira-se" ao interesse amoroso da filha... isto para não falar que ele "papa" as duas. Ou seja, é uma história que basicamente gira à volta da revolução e de sexo com uma linguagem ordinária o que não era de todo o tipo de livro que estava à espera. Isto sem mencionar que o homicida cai ali de paraquedas...

 

Mas como toda esta temática se vai revelando a pouco e pouco só no fim senti mais tudo o que escrevi. Durante a primeira metade até é interessante: Redonda como leviana, Julieta como mulher que descobre a vida de novo e o narrador intrigado com o homicídio. Mas no fim foi uma desilusão.

 

Classificação: Ficheiro:Star Ouro.svgFicheiro:Star Ouro.svg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23




Disclaimer

Todas as imagens de livros publicadas são retiradas do site das editoras ou dos próprios autores. A imagem de fundo pode ser encontrada aqui.

Classificação

Nem consegui terminar
Não gostei
Ok
Bom
Amei

Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.